outubro 18, 2011

Meu filho foi reprovado. O que fazer?

          Notas vermelhas durante o ano todo. Agora a "surpresa" no boletim: reprovado. O que fazer? Os psicoterapeutas recomendam não tomar atitudes radicais. Brigas e escândalos podem deixar seu filho se sentindo culpado e frustrado. 
          Por outro lado, passar a mão na cabeça e paparicar a criança e/ ou adolescente pode torná-los acomodados. O ideal é conversar mostrando que a reprovação é uma situação ruim para ele e que, para seu próprio bem, isso não deve se repetir. Dê atenção e carinho e procure ajudá-la nos estudos no ano seguinte, com apoio e segurança. (Fonte: www.klickeducacao.com.br)
 
         Procure um profissional da área da Psicopedagogia!
         A Psicopedagogia estuda o processo de aprendizagem e suas dificuldades, como reconhecê-las, tratá-las e preveni-las, tendo, portanto, um caráter preventivo e terapêutico, considerando a interação dos aspectos sociais, culturais e familiares. 

         O processo de aprendizagem deve ser um ato prazeroso! Por isso, esteja atento a manifestações de sofrimento pelas quais seu filho pode estar passando, como: apatia, desinteresse, desânimo, lentidão, agressividade, conflitos diários (na escola, na família…), notas baixas e  reprovações.

         Se algum destes itens chamou a atenção e o fez lembrar que isto está acontecendo com seu filho ou alguma criança, procure um psicopedagogo, pois ele é o profissional que está preparado para prevenir, diagnosticar e tratar das dificuldades de aprendizagem.

         Acesse para mais informações: http://www.espacoessencial.com

 Danusa Cunha
Pedagoga e Psicopedagoga
Tel.: 51  9123 0450

www.espacoessencial.com | dcunha@espacoessencial.com
Av. Benjamin Constant, 1440 / 402 - Porto Alegre / RS 

 
Obs.: Atendimento com hora marcada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço a visita e volte sempre!